17.1.19

Suas linhas, é óbvio

16h35, quarta-feira. Restos de quatro quentinhas acumulados dos últimos dias na bancada da cozinha. E eu mergulhada em um desses dias contemplativos ouvindo Jhonny Cash.

Você escreveu inspirado em uma foto minha? Volto a tela do celular e releio com mais atenção. Texto-foto, foto-texto. Sou eu.

Foi a primeira vez que te stalkeei.

Não exatamente você, claro que isso eu já tinha feito, mas as coisas que você escreve. Foi ali que eu descobri. Sim, era eu. Era sempre eu. Em todas elas. Nas esquinas, nas curvas, nos êxtases, nas ausências, na porra toda. Eu.


Seus textos me gritavam, me exalavam, me irrompiam. E então eu senti neles o cheiro de todas as coisas.

Das chuvas que nos pegaram desprevenidos colocando magia nos dias úteis. Dos drinks feitos em dias de fuga que nunca tomamos. Do brownie que queimei na sua cozinha. Das manchas e marcas de nós dois que esquecemos em inúmeros becos. Dos inúmeros becos dos quais nunca nos esqueceremos. E todas as risadas até chorar sem precisar falar mais nada.

Minhas confissões. O nosso pacto. Suas linhas.

O que cativou algumas de nossas madrugadas e levou embora tantas outras. Madrugadas que sempre me serviram de refúgio em tantos momentos. E esse refúgio, tão próprio, de linhas tortas, debochadas, polissêmicas que só você sabe traçar.

O mesmo refúgio que sempre tive nas suas linhas e nas nossas conversas.

Mas aquela nossa última conversa, toda gemidos, cenas passadas e futuras, e mãos dentro da cueca, lembra? Bom, essa me serviu de outra forma.

You build on failure. You use it as a stepping stone. Close the door on the past. You don't try to forget the mistakes, but you don't dwell on it. You don't let it have any of your energy, or any of your time, or any of your space.

---

1. Voz
2. Olhos (ou clichês, o que dá no mesmo)
3. Frango caprese
4. Ímpeto
5. Cicatrizes
6. Lábia (e parênteses)
7. Marlboro Vermelho
8. Estradas
9. Covinhas
10. Bunda (e isso merecia ocupar todos os 13 tópicos)
11. Avenida Paulista (ou acasos, o que é exatamente a mesma coisa)
12. Cerveja
13. Suas linhas, é óbvio

Nenhum comentário:

Postar um comentário