10.11.17

Sempre foi sobre ela

Era ela.

Uma bailarina que servia café para o lobo e falava uma língua estranha.

O oceano nos olhos, todas as respostas do universo.

O verso, a prosa, a rima que nunca encontrei.

A nota do piano, a música dos Beatles, o cheiro na camiseta preta seca no meio do temporal.

Sempre foi sobre ela.

As estações são outras, mas os segundos que vão ficar para sempre, esses vão sempre ser só nossos.

Jusqu’ici tout va bien, jusqu’ici tout va bien... mais l’important n’est pas la chute, c’est l’atterrissage.


---
Escrito por Dean Godsmack.

Nenhum comentário:

Postar um comentário