12.6.18

Amores que deram certo não têm nenhuma graça

Dia dos namorados e toda a falsa guerra entre casais melosos e solteiros convictos é só superfície do que todos carregam ou já carregaram consigo. Os não amores. Amores não amados, amados pela metade, excessivamente amados, amados do modo errado.

Aqueles amores que não eram pra ter acontecido, de festas, shows e outros estados. Amores meio enviesados, no trabalho, na família, desafiando a monogamia. Amores excessivos, de mesas de cartomantes, ciúmes doentios de vestidos colados e ligações insanas de madrugada. Amores confusos e urgentes de escrita compulsiva, tesão conturbado e mudança de endereço.