22.11.18

Sobre força e vida

Eu amo essa foto. Nossas sombras no seu peito e nossas testas franzidas contando uma história tão nossa.

É claro que eu não ia repetir um texto para você; pai de santo que sou, respondo aos seus pensamentos enquanto lê isso. Não tem necessidade. Acho que nunca vamos parar de ser fonte mútua de inspiração. Como você mesmo fala, quando estamos juntos é só fotão. É claro, porque nossa arte registra quem somos. E fica ali nos chamando, nos mostrando que não podemos nos esquecer do que está dentro de nós.

Júpiter hoje comemora que alguém como você abra Sagitário, tão bem representado. Centauro, como você. Metade, sutil sensibilidade humana; metade, força crua animal. Precisão e audácia de arqueiro, e garra e determinação de caçador. Alado, porque você precisa voar, mas com a cauda da maldade do sátiro, porque não dá para voar sem antes termos conhecido os nossos demônios. Porque tudo na vida tem que ter sal. Sal, que atiça o fogo, que te rege. Fogo, que com muita facilidade foge do controle.

Mas o poder destruidor do fogo (se traduzindo muito bem no seu caso nas mil mulheres apaixonadas querendo morrer e matar por você - e antes fosse metáfora), que muitas vezes passa rápido e sem aviso, deixando cinzas e ruínas irreversíveis pelo caminho, também é potência criadora, força motriz.


E queima como dança, fotografia, literatura, teatro...

Quem tem muitos talentos, como você, pode mesmo - e sabe - escolher a representação mais conveniente conforme o momento; faz parte das nuances e sagacidade da sua alma de artista.

E eu, dividindo semelhanças e admirando em você o que me falta, só sei te amar em todos os seus detalhes.

Eu amo até e principalmente o seu nome. Inacessível a muitas pessoas. Fora do padrão e inesperado. Geralmente a resposta é aquela cara de: "É isso mesmo?" e é preciso repetir. Que a maioria vai errar mesmo. E que tanto te representa. Você.

Você, com seu desprendimento pouco compreendido. Você, de alma entregue em um mundo de amarras e muros. Você, de espírito de vida e renovação em um mundo que não sabe nem quer ser feliz. Você, com seu profissionalismo e talento. Você, com seu cuidado com tudo e dedicação. Você, que quando as pessoas pensam, já fez e muito mais bem-feito e certo que qualquer um. Você, com sua leveza. Você que faz com que eu sinta que tenho o mundo nas mãos. Você que conquista ele comigo e zera a porra toda. Você.

O que te digo e desejo, mais uma vez e pelo dia de hoje, é:

Que você seja leve, para continuar sentindo e transmitindo a arte em tudo. Que você seja forte, para não admitir que nada nem ninguém tire isso de você. Que você seja.

Enquanto respirarmos, transpirarmos e vivermos o que somos, não importa o que aconteça, tudo estará em seu devido lugar. Freiheit.

Feliz aniversário, meu artista.

Fammi respirare ancora, portami dove si vola, dove non si cade mai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário