8.7.19

Pandora

Um templo
desses de pedra
de parcos vitrais excessivos em suas cores
encomendados por falidos mecenas
de profetas fadados a suas escrituras
dos amores que começam desfeitos
das promessas de guerra que, sob a cruz, se emudecem
e de santos que, em 365 dias, distantes, curam todos os males da terra
com a morte
e só beatificam a heresia de quem comunga de suas nascentes

2.7.19

All about us

Você, que maldita.

Me vem toda leviana dizer que sonhou com minha boca no meio das suas pernas. E eu já queimo de vontade de sentir suas coxas apertando meu pescoço.

Foi naquela livraria.

Palestra, dia de semana. O tédio dos nossos compromissos e sua calcinha branca toda enfiada marcando por baixo do vestido.

Certos descuidos deveriam ser crime. Alça caindo insistente, sorriso de lado, cruzada de pernas.

Foi no estoque, aliás.