22.7.21

(Im?)Possibilidade

Revirando as cobertas, o pensamento rasgando mais que os quatro graus da cidade.

Digito e apago repetidas vezes a mesma mensagem: não consigo dormir pensando em você.

Penso na conversa que me queima o peito mas da qual já não me permito mais extrair expectativa - caminho que aprendi a seguir, automático.

Mas pensar na possibilidade de nós dois é inevitável nessas situações. Não se fecha de uma hora pra outra uma fonte que até então represada se escancarou.

Busco, nesse momento de pico, todos os métodos do dia a dia de te tirar de mim.